Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2008

uma noite especial

quando estamos com quem gostamos pequenos momentos se tornam únicos, sorrisos, vida, e tudo ganha mais um motivo, quantas pessoas realmente gostam da nossa companhia? quantas pessoas se importam de verdade com você? tenho certeza que poucas e você se importa com você mesmo? preciso respirar respirar o ar daqueles que me fazem bem, preciso sugar os bons sentimentos que ainda restam nas poucas pessoas que andam comigo para que os meus proprios sentimentos não se percam na escuridão, a escuridão de minha propria mente sem corpo sem alma, pronta para novas experiências, para viver de novo,e na noite onde tudo se faz tão imperfeitamente perfeito só quero esta ao lado de minhas tristes memorias e meus velhos e verdadeiros amigos, tomando meu vinho de cada lua cheia, celebrando a vida e a deusa, deusa pagã de toda terra, mostrai agora teus verdadeiros poderes sobras os humanos, ó deusa representada pela lua em tuas formas simples chegando com tua grande presença perto de nós, recolhe os huma…

apenas um olhar

estranho, com tanta vida no olhar o vazio em seu coração não lhe parece cair bem, por fora um ser, por dentro um bicho pedindo por socorro, sentimentos confusos palavras soltas saídas de seus lábios, já não sei onde perdi nem onde ganhei só sei que hoje tenho motivos para crer que preciso continuar minha eterna jornada em busca de mundos e novas descobertas ontem poderia ter sido o dia perfeito, mas assim como muitos tornou-se apenas mais um dia estranho, me satisfaço em admirar, em apenas um toque minha satisfação este plena mesmo assim ainda me admiro dos teus olhos negros como a noite e trazem o brilho do luar, uma pureza sem fim e mesmo assim tenta se esconder atrás da carne as vezes imunda, eu, apenas observo fico a olhar de longe as vezes a minha integração não e a certa (nunca é) mesmo assim estou la, sempre a te observar, sim, pode ser uma obsessão mas não por você e sim pelo seu olhar, sei que ele e muito mais do que a carne ele vai alem da compreensão do espírito, quero ver …

eu ja quis de mais

eu já quis coisas de mais já pensei muito e no fim só me restou o copo da cerveja de todo sábado
ja tive todos e não escolhi nem um já escolhi de mais um dia, e minha unica escolha foram os litros da cachaça bebida nas quartas feiras selecionei muitos e oje estou sozinho escrevendo e um pedaço de papel sem vida, ora ate os pedaços de papeis ja foram grande coisas, e eu? o que fui um dia? um nada, um nada que podia ter tudo, e se contentou com um copo e um litro pago por ele mesmo para q outro se embriagassem emquanto ele assistia e chamava de amizade verdadeira.