Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2011

Saudades

Saudades, já nem sei se essa é a palavra certa, acho que a cada dia que passa, vou aprendendo um pouco mais, sinto falta daqueles pequenos momentos, sinto falta até da raiva, apesar de nem tudo ser como s devia, tudo parecia tão bonito, tão...tão...distante agora, são 5 horas...as 5 horas mais eternas da minha vida, as lagrimas que querem sair, o sorriso, ao olhar as fotos, feliz por saber de ti feliz Também, vivo, por saber que a vida continua, e que o amor, talvez seja eterno, talvez seja esquecido em algum canto de algum lugar do corpo, mas acredito que o que tem que ser, será, então guardo comigo a vontade, a saudade, as lagrimas e o sorriso, esperando os resultados de tudo o que o destino, os deuses, ou o mundo me reservar....

Ele saiu...voando...

Eu o amo, era tudo o que eu podia pensar, mas ele ia além daquilo tudo, ele ia além do amor, ia além da carne, em tão poucos anos amadureceu como ninguém mais conseguiria, fazia o que queria, era todo instinto, era todo sentimento, acima de tudo ele era livre, precisava voar para mais longe do que isso tudo que vivia, era romântico ao seu modo, não escondia, não mentia, seguia sua vida, um dia após o outro, e crescia, ao lado dele, me sentia protegido, amado, entre milhares de pessoas no mundo, eu seria capaz de reconhecê-lo, eu também crescia sem perceber, aprendia muito do lado dele, e me sentia bem mesmo nas horas mais distante, mesmo os dois em outros braços, mas sempre se soube que estaria ali para o outro.
Cresceu a tal ponto, que a cidade já não parecia tão grande, ele queria algo maior, queria ser ainda mais livre, e ouve a chance, ele agarrou com força, como todos os outros garotos que amadurecem o fazem, mesmo mais velho, ele ainda era jovem, ativo, as vezes até ingênuo era …