Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2013

Quem sabe isso quer dizer... saudade

Hoje choveu, demorei a perceber, eu tinha prova, mas dentro de mim, ficou aquela memória aquele sorriso, eu lembrei do seu toque, deuses como eu odeio aquela menina que tava na minha sala! eu sorri cinicamente, a cidade parecia fria, dentro mim, uma coisa inquietante lembrei o que era, eu quase havia me esquecido, era a sua falta que passei o dia sentindo... era sua voz era o seu toque, eram todos os vinhos que tomei, eu tomei vinho esses dias nem eu mesmo lembrava, vinho era nossa marca, meu vinho era você tua voz ainda ecoa, no fundo do meu coração, depois de tanto Sol, essa chuva foi incompleta pois você não estava aqui, nem o sansão estava aqui estava no canto, até ele tem uma vida sem mim agora! já me perdi e me achei tantas vezes, que nem sei quando estou perdido, você envelheceu, será que percebeu isso? você engordou,isso eu sei que você sabe! eu quase havia me esquecido, mas você,e penas você é o meu único amor!

o fim do velho o começo do novo! (futuro)

Dançando no meio da floresta escura, entre as arvores, rolando na grama, e subindo ficando na ponta dos pés a camponesa que menstruava com a lua, beijava sapos que sempre lhe diziam o caminho, sentia que deveria dançar, aqueles eram os movimentos mais importantes de sua vida, ela sabia dentro de sí que era mais que sua dança habitual, ela estava sendo observada, perseguida, se era deste ou de outro mundo ela não sabia,sabia apenas que era inevitável mas, pouca diferença fazia para quem beijava sapos a meia noite, ela devia dançar, dançar até a exaustão máxima, rolar na grama mais uma vez e seguir seu caminho....quem a observava?